Blog
A importância dos rótulos para os produtos veganos

A importância dos rótulos para os produtos veganos

É importante que a rotulagem de produtos veganos ocorra de forma adequada. Acompanhe o post para entender melhor sobre o assunto!

Quando uma pessoa descobre uma alergia, além de tratar os sintomas, ela precisa repensar a alimentação. É natural que, no início, apareçam muitas dúvidas com relação a esse novo estilo de vida que está se formando, certo? Se antes existia o hábito de pegar a opção mais em conta na prateleira do supermercado, agora é necessário parar um momento e estudar a embalagem do que será consumido.

É claro que dietas alimentares restritivas não se aplicam somente aos casos de alergia. Às vezes, trata-se de hipertensão, diabetes, intolerâncias, colesterol alto ou, apenas, interesse em levar uma vida mais saudável.

Algo semelhante ocorre quando damos os primeiros passos no veganismo. Nesses momentos, os rótulos são grandes aliados, pois facilitam a vida de quem compra (e não estou falando apenas de alimentos, ok? Mas também de cosméticos, roupas, calçados, acessórios etc). Por essa razão, é importante que a rotulagem de produtos veganos ocorra de forma adequada. Acompanhe o post para entender melhor sobre o assunto.

A escolha do produto no supermercado

No primeiro parágrafo deste texto relatei brevemente uma situação bastante comum em que a pessoa compra um determinado produto baseando-se em seu preço. Entretanto, sabemos que a realidade varia de família para família, uma vez que são considerados aspectos diversos, como a praticidade, o sabor, as calorias e, no caso do veganismo, os ingredientes. E é nesse último que vamos nos ater.

Quando uma empresa desenvolve um produto, ela considera as necessidades do seu público. Portanto, é fundamental estudar muito para entregar a melhor experiência para o consumidor. Isso envolve a embalagem e, por consequência, o rótulo.

Nesse sentido, fica a dica: a aparência dessa pequena, e até discreta, parte da sua embalagem tem um papel na decisão de compra. Isso porque as pessoas também fazem escolhas influenciadas pelas letras, desenhos e números apresentados no rótulo.

A verdade é que a sociedade está cada vez mais cuidadosa ao consumir, especialmente a comunidade vegana. Por isso, é importante que você, empreendedora, esteja atenta a essa questão. Afinal, uma cliente criteriosa sempre checará os rótulos dos produtos para ter certeza de que aqueles itens não levam nada de origem animal. Afinal, ao comprá-los ela está investindo seu dinheiro, sua saúde e sua consciência.

O compromisso da empresa vegana

Créditos: Foto de RF._.studio no Pexels

Quando pegamos um produto na prateleira do supermercado que diz “vegano”, supomos que aquela informação seja verdadeira. Todavia, isso não significa que não daremos aquela conferida marota no rótulo, certo?

Powered by Rock Convert

A rotulagem não é conversa fiada de gente que quer vender a todo custo. Ela é uma fonte de informação e deve retratar a realidade da composição do produto. É por meio dela que a empresa firma um compromisso com seu público, transmitindo segurança e confiabilidade.

Sendo assim, invista seu tempo no desenvolvimento dos rótulos e garanta que eles sejam sempre completos e claros, mas sem perder a objetividade. Tenha em mente que a rotulagem também é uma maneira de estabelecer uma comunicação. Passe a mensagem que você deseja e deve passar.

A parte afetiva da rotulagem

Como foi dito no parágrafo anterior, o rótulo passa uma mensagem por meio da disposição de elementos. Quando falamos de alimentos, principalmente, não podemos esquecer que eles nos remetem às memórias afetivas. O cheiro de bolo na casa da avó, o bolinho de chuva da mãe, as rosquinhas de viagem… Isso pode ser usado a favor da sua marca vegana na rotulagem também.

Ou seja, é possível transmitir emoções por meio do rótulo: mais sabor, amor, crocância, nutrientes, sustentabilidade etc. É preciso definir sua estratégia para atingir a pessoa certa, no momento certo e no local certo.

A parte burocrática da rotulagem

A ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, tem o papel de proteger o consumidor e muni-lo de conhecimento. Um exemplo clássico em que ela age para que não sejamos enganados é o caso do “óleo vegetal sem colesterol”. Uma pessoa leiga no assunto pode pensar que todos os alimentos têm colesterol, mas o órgão chega e determina que sob a alegação de “sem colesterol” esteja os dizeres “como todo produto de origem vegetal”.

Existem vários pontos que merecem sua atenção ao vender produtos veganos, e o rótulo faz parte desse grupo. Ele trará, obrigatoriamente, dados essenciais como as informações nutricionais, a data de validade, a lista de ingredientes, o aviso de alérgenos, o lote, a origem etc.

Lembrando que tudo isso deve ser comprovado através de documentos oficiais, registros auditáveis ou ensaios laboratoriais.

Mais do que simplificar a vida do consumidor, a importância do rótulo para os produtos veganos está na transparência com que você tratará seu público. Espero que tenha ficado claro o quanto é relevante prezar pela rotulagem adequada no seu empreendimento.


Gostou do conteúdo e quer ser avisado dos próximos? Assine a newsletter e não perca nada!


Mayara escreve sobre coisas que fazem seu coração bater mais forte desde 2016. Também gosta de ler, bordar, tomar café, assistir séries e afofar seu coelho (não necessariamente nessa ordem). Conheça ela no Instagram @may_paes e no @bastidordesaturno.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.