Blog
Como conservar alimentos orgânicos por mais tempo?

Como conservar alimentos orgânicos por mais tempo?

Descubra como conservar alimentos orgânicos por mais tempo no post!

Alimentos convencionais são aqueles industrializados que encontramos embalados no mercado, na mercearia e em outros comércios. A questão é que nem todas as pessoas sabem que, inclusive, alguns vegetais encontrados no hortifruti possuem uma grande quantidade de adubos químicos e agrotóxicos.

Mesmo tendo uma rotina bem cuidadosa, podemos não estar livres de alguns hábitos nocivos, uma vez que, na inocência, consumimos algo que nem é tão positivo para nossa saúde quanto pensamos. Isso porque, no fim das contas, ingerimos diversos produtos que causam doenças, como problemas gastrointestinais, distúrbios hormonais e, até mesmo, câncer.

Para driblar essa situação e manter um estilo de vida mais saudável, a solução é optar pela alimentação orgânica. Com isso em mente, convidamos você a continuar com a leitura do post para relembrar os benefícios dessa escolha e descobrir como conservar alimentos orgânicos por mais tempo. Acompanhe!

Por que preferir alimentos orgânicos?

Antes de qualquer coisa, é importante entender que o alimento orgânico vai além da isenção de agrotóxicos. Ele deve respeitar os princípios agroecológicos, isto é, prezar pelo uso responsável da água, do solo, do ar e de outros recursos naturais. Também devem ser levados em consideração aspectos sociais e culturais.

Mas como saber se um alimento é orgânico ou não? De fato, só de olho fica difícil identificar. Todavia, os pequenos produtores indicam quando seus produtos são cultivados dessa maneira (seja na embalagem ou no preço que tende a ser maior).

Em todo caso, é válido mencionar que, desde 1999, essa atividade é regulamentada no Brasil. Portanto, os produtos vendidos em lojas e supermercados devem conter o selo Sistema Brasileiro de Avaliação de Conformidade Orgânica (SisOrg).

Essa condição não se aplica aos agricultores familiares, os feirantes, desde que estejam cadastrados junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e ligado a uma Organização de Controle Social. Aliás, o consumidor pode solicitar que o produtor apresente sua Declaração de Cadastro no ato da compra.

Se falamos em embalagem, significa que um produto industrializado pode ser orgânico? A resposta é: sim! Isso se ele for composto de pelo menos 95% de ingredientes orgânicos. Caso ainda tenha dúvidas, dê uma conferida no post em que falamos sobre a diferença entre os termos vegano, orgânico e natural.

Sem mais delongas, aqui vai alguns benefícios da alimentação orgânica:

Powered by Rock Convert
  • mais nutrição e saúde, pois o alimento orgânico não é alterado por produtos químicos. Em contrapartida, usa-se adubos naturais para que seus nutrientes não sejam perdidos;
  • mais sabor, pelo mesmo motivo do tópico anterior. Quando as propriedades não são alteradas, o alimento é muito mais saboroso e aromático;
  • apoio à agricultura familiar;
  • respeito ambiental, uma vez que a produção conserva o solo, economiza de energia e não contamina os lençóis freáticos, os rios e os lagos;
  • segurança de consumir um alimento de qualidade, devido à certificação oferecida pelas associações de agricultura orgânica;
  • prevenção do desmatamento, afinal estamos falando de pequenos produtores e não de grandes latifúndios, que são os responsáveis pelo desmatamento em várias regiões do Brasil;
  • preservação da biodiversidade natural.

Como conservar alimentos orgânicos?

Talvez essa seja a principal questão para quem já consome ou deseja consumir alimentos orgânicos. Não há dúvidas de que o alto grau de perecibilidade é uma grande desvantagem perante os produtos convencionais, mas esse é o preço a se pagar por sua indiscutível qualidade.

Ainda assim, existem formas de se esquivar do problema da sazonalidade e conquistar uma vantagem a mais para a alimentação saudável. Preparei uma lista de 3 métodos para conservar alimentos orgânicos por mais tempo. Confira!

Conservas

Tem legumes dando sopa aí? Cozinhe-os por um curto período (menor que o necessário para comê-los na hora), deixando-os ainda firmes ou, simplesmente, al dente. Dessa forma, conserva-se o sabor e os nutrientes. Demais, não?

Coloque-os em potes de vidros. Em seguida, misture e esquente vinagre, azeite e as ervas de sua preferência. Jogue o caldo sobre os legumes e deixe alguns dias curtindo antes de consumir. Dica: misture legumes que tenham sabores complementares.

Geleias

quais os benefícios da alimentação ôrganica
Créditos: Pexels.

Precisa de um acompanhamento delicioso para o seu café da tarde vegano? Saiba que a geleia feita em casa com frutas orgânicas é muito mais nutritiva e saborosa do que as industrializadas. Além disso, conservam o alimento que é uma beleza!

Coloque a fruta de sua preferência em uma panela cheia com água e cozinhe até levantar fervura. Coe e adicione o suco de limão e, caso queira, o melado para adoçar. De volta ao fogo, mexa por cerca de 1 hora e meia ou até atingir o ponto desejado. Conserve em potes de vidro, dentro da geladeira.

Armazenagem de folhas secas

Lave os ramos e as folhas de temperos, especiarias e ervas. Deixe-os secar sobre um pano limpo. Depois disso, reserve tudo em potes de vidro higienizados e feche-os bem. A armazenagem de folhas secas (manjericão, salsa, hortelã, coentro etc) dura 1 mês quando mantida na geladeira.

Outra sugestão é fazer um desidratador solar caseiro com suas próprias mãos.

Não existe milagre, mas conservar alimentos orgânicos por mais tempo não é uma tarefa tão difícil assim. Em todo caso, lembre-se de sempre higienizar a hortaliça que for consumir com água e hipoclorito de sódio, combinado?

Agora, o que acha de começar a produzir seu próprio alimento em casa? Saiba como cultivar uma horta doméstica!


Mayara escreve sobre coisas que fazem seu coração bater mais forte desde 2016. Também gosta de ler, bordar, tomar café, assistir séries e afofar seu coelho (não necessariamente nessa ordem). Conheça ela no Instagram @may_paes e no @bastidordesaturno.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.