Blog
Como saber se um produto é vegetariano?

Como saber se um produto é vegetariano?

Hoje em dia existem cada vez mais produtos industrializados que se dizem vegetarianos. Você sabe como não ser enganad@ por eles? Às vezes existe um nome ou outro que nem parece ser derivado de animal, mas, infelizmente é! Para te ajudar, vamos dar algumas dicas aqui. Acompanhe o post!

Hoje em dia existem cada vez mais produtos industrializados que se dizem vegetarianos. Você sabe como não ser enganad@ por eles? Às vezes existe um nome ou outro que nem parece ser derivado de animal, mas, infelizmente é!

Para te ajudar, vamos dar algumas dicas aqui. Acompanhe o post!

O que faz um alimento ou produto apropriado para vegetarianos estritos e veganos?

Ele não deve conter produtos de origem animal ou subprodutos e não deve ser testado em animais.

Qualquer alimento vegetal não processado é vegano naturalmente: isso inclui frutas, legumes, nozes, sementes, feijões e legumes. Veja o post que criamos uma lista de ingredientes veganos para te ajudar quando for ao mercado.

E como dizer se um produto industrializado é vegetariano?

Rótulos

Comece digitalizando o rótulo e a embalagem do produto em um aplicativo para veganos. Devido à ascensão do veganismo nos últimos anos, mais e mais produtos estão sendo rotulados como veganos. Procure por produtos que digam “Adequado para veganos” ou que tenha o logotipo “Certified Vegan” ou ainda a imagem do coelhinho, significando “Cruelty Free”.

Mas isso não significa ainda que é realmente vegetariano! Infelizmente há algumas marcas que estão inserindo o selo vegano sem pagar pela fiscalização anual das organizações. Por isso, é necessário você mesm@ dar uma olhada em outras coisas no rótulo.

Informação sobre alergênicos

Encontre as informações sobre alergia de um produto procurando perto da da lista de ingredientes. Se o produto contiver ingredientes lácteos, ovos ou frutos do mar, ele terá escrito: “Contém leite, ovos, mariscos”.

Mas caso conste “Pode conter leite, ovos”, é porque em algum momento da produção ele deve passar pelas esteiras de um produto que contenha esses ingredientes ou deve ser transportado junto a esses tipos de alimentos. Esse anúncio é voltado principalmente para quem realmente tem alergia e não pode ter contato algum com esses ingredientes, mas isso não quer dizer que constam esses ingredientes no produto.

Leia os ingredientes

Existem muitos subprodutos derivados de animais que podem causar alguma confusão no início. Soro de leite em pó, caseína e ingredientes lácteos modificados são todos produtos lácteos, originais da vaca.

Não deixe que esses nomes diferentes te assustem! Você ficará surpres@ com a rapidez com que você aprende quais ingredientes evitar. Não há nada melhor que ir lendo os rótulos e aprendendo!

Powered by Rock Convert
como identificar ingredientes veganos no rótulo

Cosméticos pessoais

Rótulo e lista de ingredientes

Mesmo se o produto estiver simplesmente rotulado como “vegano” ou que “não contém ingredientes animais”, não tome isso como garantia. Leia a lista completa de ingredientes e use as listas de produtos e ingredientes vegan / cruelty-free que são facilmente encontradas on-line.

É muito mais fácil fazer pesquisas no Google do que tentar entender alguns dos termos não regulamentados usados em embalagens. A PETA tem um bom recurso para encontrar produtos de cuidado pessoal veganos, mas há quem não confie nela. Algumas blogueiras veganas, principalmente a Arivegan.com, já têm listas prontas.

Testes de animais

Procure por itens marcados com logotipos do coelhinho, significando “Cruelty Free”, ou “sem testes em animais”.

Apesar disso, esses símbolos não são regulamentados. Para a consciência ficar tranquila, use produtos já comprovados por veganos como realmente cruelty free. Os ativistas normalmente questionam os SACs com perguntas sobre a produção, fornecedores e a terceirização de etapas da produção. Veja aqui um exemplo sobre a investigação da Ari.

Tenha em mente que os produtos que não são testados em animais e produtos veganos não são necessariamente mutuamente exclusivos – por exemplo, alguns cosméticos podem ser “livres de crueldade” (não testados em animais), mas podem conter ingredientes derivados de animais.

  • Você também pode fazer seus próprios cosméticos para pele, unhas e cabelos com ingredientes naturais. Veja a série de 4 posts sobre o assunto a partir do primeiro post.

Ingredientes derivados de animais

Existem algumas listas muito abrangentes de subprodutos animais e todos os seus nomes diferentes on-line. Uma rápida pesquisa no Google deve trazer um monte deles (PETA tem uma lista muito completa de ingredientes derivados de animais). Estas listas podem ser um pouco gigantes para alguém que é novato no veganismo, aqui estão alguns exemplos dos ingredientes mais comuns a serem observados (sem incluir o óbvio como “ovos”, “leite”, “gordura bovina/suína”, etc.):

Comida

Albumina, carvão de ossos, gordura de manteiga, carmim, caseína, gelatina, lactose, banha, l-cisteína, mono e diglicerídeos, goma laca, vitamina D3, soro de leite em pó.

Cuidados pessoais

Cera de abelha, lanolina, queratina, musk, pérolas, sebo

Vestuário

Couro, pele, seda, lã, cashmere, angorá. Veja aqui nosso post sobre como se aquecer sem explorar os animais.

Para aumentar a confusão, existem muitos ingredientes que podem ser baseados em plantas ou animais. Para esses ingredientes, você terá que entrar em contato diretamente com o fabricante para descobrir de onde eles obtêm o ingrediente ou verificar on-line alguém já pode ter encontrado a resposta.

Esperamos que essas indicações e instruções tenham te ajudado a se encontrar nos mercados e compras!

Encontre produtos veganos em um lugar só.
Compre diretamente com a marca. A gente só te ajuda a comprar.

Clique aqui para conhecer.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.