Blog
Flores em casa: 6 espécies para arrasar na primavera

Flores em casa: 6 espécies para arrasar na primavera

Compartilhamos com você 6 dicas de espécies para dar um toque primaveril na décor, purificar o ar e reduzir o estresse — tudo isso com um investimento que não assusta! Gostou da ideia de ter flores em casa? Acompanhe!

A primavera é uma estação cheia de vida e possibilidades! Essa é uma época do ano marcada pelo crescimento e recomeço, por isso é inevitável recebê-la de braços abertos, com alegria e disposição. Existem inúmeras referências inspiradoras para decorar seu lar nesse momento tão especial do ano, mas existe forma melhor de comemorar a vida do que enchendo a nossa casa de flores? Foi pensando nisso que preparamos este post para compartilhar com você 6 dicas de espécies para dar um toque primaveril na décor, purificar o ar e reduzir o estresse — tudo isso com um investimento que não assusta! Gostou da ideia de ter flores em casa? Acompanhe!

Powered by Rock Convert

1. Violeta

Além de linda, essa é uma opção fácil de ser encontrada e de baixo custo. A violeta é uma das preferidas de quem tem flores em casa, pois é uma espécie que apresenta diversos tons e é bem pequena, o que facilita seu cultivo em vasos que ocupam pouco espaço. Mantê-la não poderia ser mais simples: a rega deve ser apenas no solo e é preciso cuidado para não deixar essa planta delicada exposta diretamente ao sol.

2. Orquídeas

Lindas e ornamentais, as orquídeas são exemplos de luxos mais acessíveis na decoração. Embora muitas pessoas tenham medo de tê-la em casa, acreditando ser uma espécie muito delicada, essa linda flor só precisa de dedicação para viver bastante e estar sempre florida, em qualquer ambiente e clima. A primeira dica é entender que nem todas as orquídeas são adequadas para ambientes não naturais, isto é, para o cultivo dentro de casa. Portanto, escolha espécies mais resistentes, rústicas e que exigem menos cuidados, como a Cattleya híbrida ou a Phalaenopsis híbrida. As orquídeas gostam de luz natural e ventilação nos momentos certos, por isso é importante deixá-las junto de janelas, onde possam pegar o sol da manhã ou da tarde. Em contrapartida, evite que a sua planta pegue o sol do meio-dia, pois ele pode queimá-la.

3. Lavanda

Pensava que essa planta lilás e de aroma delicado fosse ideal apenas para aqueles campos lindos? Então saiba que é totalmente possível ter lavandas na sua casa de forma bastante descomplicada se comparada aos benefícios que essa espécie pode trazer, como efeitos analgésico, sedativo, anti-inflamatório, antisséptico, relaxante e calmante. Para cultivá-la corretamente, é necessário lembrar que a alfazema não gosta de terra encharcada e que seu desenvolvimento ocorre melhor na terra aerada, podendo ser plantada tanto em vasos quanto no solo. Outro cuidado é com relação ao sol, a planta precisa desse contato diário por, pelo menos, 3 a 4 horas.

4. Onze-horas

Com florescimento máximo às onze horas, essa flor é extremamente resistente e é encontrada em cores vibrantes para alegrar a sua casa. Apesar de não existirem muitas exigências, é preciso ter atenção com relação à luminosidade, pois a onze-horas precisa de sol pleno para crescer saudável.

5. Bêgonia

Além das diversas cores, existe uma variedade de begônias para plantio, sendo algumas mais apropriadas para vasos e outras para jardins. Em todo caso, é preciso ter em mente que essa planta gosta do clima tropical, ou seja, não se desenvolve bem quando exposta ao sol e chuva em excesso. As begônias não gostam muito de água, por isso a rega deve ocorrer de quatro em quatro dias e apenas no solo seco — lembre-se de nunca molhar as folhas e flores da sua planta para mantê-la sempre bonita e saudável.

6. Calêndula

Você sabia que a flor da calêndula, semelhante ao que acontece com o girassol, gosta de seguir o sol? Com coloração amarela e toques de laranja e dourado, a planta se fecha ao anoitecer e volta a abrir somente ao amanhecer. Essa plantinha medicinal é bastante fácil de plantar e cuidar, por esse motivo é bastante indicada para quem ainda não tem muita experiência em cultivo de flores. O correto é manter a calêndula em ambientes que recebam bastante luz — mas evitar os horários de sol forte —, regá-la de duas a três vezes por semana nos períodos mais quentes do ano, uma vez por semana nas épocas mais frias, e adubá-la de quinze em quinze dias. Depois de ler todas essas sugestões, talvez você esteja se perguntando como usar essas plantas na decoração da sua casa. Confira algumas dicas:
  • não tenha medo de usar vasos com designs diferenciados;
  • reaproveite as garrafas de vidro;
  • utilize utensílios de cozinha — bules, canecas, jarras, xícaras, copos decorados etc — como vasos;
flores em casa
  • decore com latas e caixas — alternativas sustentáveis estão em alta;
  • faça arranjos de parede;
  • contraste cores e texturas.
Preparad@ para energizar a sua casa com as plantas mais lindas e receber a primavera de bom grado? Você perceberá que ter flores em casa, além de embelezar ainda mais o ambiente, contribuirá para o seu humor, bem-estar e produtividade. Além de trazer a natureza para perto, já pensou em quantas pequenas atitudes podemos adotar para ter uma vida mais plena? Confira 8 coisas simples que você pode fazer para melhorar sua saúde física e mental!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.