Blog
Perguntas interessantes sobre o veganismo (parte 2)

Perguntas interessantes sobre o veganismo (parte 2)

Quais os erros mais comuns? É certo consumir soja todo dia? O médico me disse que seguir uma dieta vegetariana faz mal. É verdade? Como manter a vitamina B12 em dia? Como lidar com a carência de ferro?

6. Quais os erros mais comuns de quem está começando?

Para algumas pessoas, fazer um planejamento antes de adotar o veganismo de vez pode ser uma ótima solução para evitar erros. Aliás, é importante ter em mente que estamos falando de um estilo de vida e não somente de uma dieta. Nesse sentido, veja alguns dos erros mais comuns de quem está começando:
  • fazer a mudança do dia para a noite sem o suporte de um profissional;
  • não monitorar sua saúde com exames anuais de sangue (prática que deveria ser feita por todxs!);
  • achar que só porque é vegano não terá como suplementar vitamina B12 (afinal de contas, quem come carne pode ainda sim sofrer com níveis baixos de várias vitaminas);
  • esquecer-se de consumir proteínas variadas (comer Doritos e tomar Coca-Cola é vegano, mas não é saudável hahaha);
  • não prestar atenção aos itens de higiene, cosméticos, roupas, acessórios calçados, etc. — lembre-se de que ser vegano vai além de restringir a alimentação (quem foca apenas a alimentação é considerado vegetariano estrito);
  • substituir alimentos de origem animal por alternativas que atendem apenas à questão do paladar, mas sem se atentar em termos de nutrientes;
  • esquecer-se de consumir regularmente cereais integrais, leguminosas, oleaginosas e uma boa variedade de frutas, legumes e verduras.

7. É certo consumir soja todo dia?

A soja é muito nutritiva, pois se trata de uma fonte interessante de proteínas, ferro, cálcio e zinco. Sendo assim, o alimento é, aparentemente, seguro quando consumido moderadamente e variando com outras leguminosas. Por outro lado, é válido ressaltar que boa parte da soja comercializada hoje pelas grandes indústrias é geneticamente modificada — e não sabemos como isso poderá fazer mal à nossa saúde no futuro. Portanto, o recomendado é buscar por marcas que não trabalham com o alimento transgênico, preferindo a produção pequena, orgânica e agroecológica. Também é possível considerar que há vários outros grãos fontes de diversas proteínas e minerais. Procure por nutricionistas que possam te indicar as melhores opções!

8. O médico me disse que seguir uma dieta vegetariana faz mal. É verdade?

Infelizmente não há ainda nas faculdades de Medicina e Nutrição do Brasil orientações específicas sobre o vegetarianismo. Mas já têm sido criados cursos de pós-graduação para orientar melhor os profissionais. Um vegetariano estrito consome tudo menos carne e derivados de leite quando comparado a uma pessoa que come carne e derivados de leite. Mas, além disso, o olhar de uma pessoa vegetariana estrita para legumes, verduras, grãos é muito mais diversificado. Voltamos então à questão de que isso significa a redução de riscos de condições crônicas, como diabetes, doenças renais, cânceres, doenças inflamatórias e autoimunes, doenças cardiovasculares, obesidade, entre outras. Portanto, se o seu médico te orientar a voltar a comer carne, peça (com amor) que ele respeite sua decisão. Lembre-se de que muitos não tiveram a consciência de que dieta vegetariana existe e, por isso, não entendem essas escolhas. Sua outra possibilidade é procurar por médicos que já tenham essa sensibilidade e conhecimento, por indicações por exemplo da Sociedade Vegetariana Brasileira. Lembrando que acompanhamento nutricional é importante sempre, comendo carne ou não.

9. Como manter a vitamina B12 em dia?

A deficiência de vitamina B12 pode acarretar em danos neurológicos, problemas de visão e digestivo, anemias, baixa produção de glóbulos brancos, entre outras coisas. Portanto, é aconselhável verificar desde o início da transição. Existem alguns alimentos veganos que são fontes de vitamina B12. Veja alguns exemplos:
  • extratos de leveduras (podem ser adicionados a outros alimentos, como sopas, massas, molhos, purês e, até mesmo, polvilhadas na pipoca, por exemplo);
  • cereais matinais;
  • bebidas energéticas;
  • sumos;
  • leite, iogurte ou queijo de soja.
O consumo diário desses produtos deve ser moderado, portanto, se o seu nível de B12 for baixo, é necessária ainda a suplementação.

10. Como lidar com a carência de ferro?

É bastante comum a carência de ferro no organismo de pessoas, independente da dieta — especialmente quando falamos em mulheres, que perdem sangue todo mês devido a menstruação e não realizam a substituição adequada. Para evitar esse quadro, é necessário ingerir alimentos que são fontes vegetais de ferro, como o feijão, os cereais integrais, as folhas verde-escuras etc. Além disso, é preciso ingerir vitamina C para melhorar a absorção. Uma opção é, outra vez, a suplementação indicada por um especialista. dieta vegetariana faz mal

Tem alguma outra dúvida? Deixe um comentário!

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.