Blog
Saiba como cultivar uma horta doméstica – parte 1

Saiba como cultivar uma horta doméstica – parte 1

Precisando incentivar o consumo de vegetais no dia a dia da sua família? O que acha de cultivar uma horta em casa? Além de favorecer a alimentação, o cultivo caseiro garante hortaliças frescas, livres de agrotóxicos e ricas em nutrientes. Ficou interessad@? Confira a primeira parte do nosso passo a passo!

Precisando incentivar o consumo de vegetais no dia a dia da sua família? O que acha de cultivar uma horta em casa? Além de favorecer a alimentação, o cultivo caseiro garante hortaliças frescas, livres de agrotóxicos e ricas em nutrientes.

A horta caseira também é um ótimo hobby a ser praticado com crianças: relaxa, desenvolve a conscientização com a natureza e estimula hábitos alimentares mais saudáveis. Para tanto, não é preciso dispor de muito tempo ou espaço como muitas pessoas acreditam.

Cultivar a sua própria horta significa ter qualidade de vida — e fazer isso é mais fácil do que você imagina. Ficou interessado? Confira a primeira parte do nosso passo a passo!

Defina o local apropriado para a sua horta doméstica

Não tem um quintal para cultivar a sua horta caseira? Quem mora em casa pequena ou apartamento pode definir algum cantinho estratégico que receba luz solar direta por algumas horas do dia para o plantio das hortaliças.

Tenha em mente, porém, que tudo em excesso faz mal. Portanto, o ideal é evitar locais com sol e vento excessivos. Em espaços abertos, uma sugestão é usar telas de sombrite ou instalar sua horta junto de outras plantas maiores que sirvam de proteção.

No momento de escolher o lugar onde ficará a sua horta orgânica, além de considerar o espaço disponível, é interessante pensar nas espécies que deseja cultivar e avaliar quais se integram melhor na decoração do seu lar.

Conheça as formas de cultivar

É preciso determinar como se pretende cultivar a sua horta caseira e estar atento às especificidades de cada possibilidade. Em ambientes pequenos, por exemplo, é necessário considerar o uso de recipientes funcionais e adequáveis ao espaço. Veja algumas opções:

  • direto na terra: é a melhor escolha para quem dispõe de um grande quintal;
  • vasos: alternativas práticas independentemente se você mora em casa ou apartamento, pois são fabricados em diversos materiais, tamanhos, formatos e cores;
  • embalagens recicladas: materiais como garrafa pet, potes de vidro, caixas de leite etc, são opções de cultivo sustentáveis, baratas e rápidas;
  • caixas de madeira: além de conferirem uma personalidade rústica à decor, caixotes de madeira e paletes são escolhas econômicas;
  • floreiras: ótimas para hortas compactas em locais pequenos;
  • horta vertical: principal escolha de quem mora em apartamento, esse modelo é conhecido por aproveitar os espaços das paredes e geralmente aparece com as hortaliças plantadas em vasos, embalagens recicladas ou estruturas de madeira, como paletes.

Atenção: lembre-se de limpar o recipiente escolhido antes de plantar.

Saiba o que plantar

Existe uma grande variedade de vegetais, verduras, ervas, frutas e temperos possíveis de plantar em casa, mas o ideal é optar conforme as suas preferências, o espaço para plantio e os cuidados que cada espécie exige. Confira algumas sugestões:

Powered by Rock Convert
  • manjericão;
  • hortelã;
  • cebolinha;
  • alecrim;
  • salsinha;
  • alface;
  • couve;
  • agrião;
  • tomate cereja;
  • morango;
  • abobrinha.

Atente para a irrigação

A irrigação é um dos passos mais importantes quando se tem uma horta em casa — e a maneira como você realiza essa etapa pode fazer toda a diferença no desenvolvimento das suas plantas. A nossa primeira dica é tomar cuidado com o exagero de água para não apodrecer as raízes das hortaliças e perder os nutrientes.

Outra ideia é escolher vasos com furos no fundo para evitar o acúmulo, mas, ainda assim, é importante estar bastante atento para colocar somente a quantidade certa de água. No mais, é difícil afirmar quando e quanto irrigar, pois isso depende de cada espécie, do clima e do local da horta.

horta caseira

O sugerido, porém, é a rega diária ou a cada dois dias e, preferencialmente, em períodos que não há incidência de sol sobre as plantas, como no início da manhã ou no fim da tarde.

Prepare o solo

Antes do plantio, é necessário preparar o solo da horta de modo a garantir que ele seja rico em nutrientes e matéria orgânica — isso é fundamental para as suas plantas crescerem com saúde e se tornarem alimentos de qualidade.

Há diversas formas de preparar o solo corretamente. Inclusive, existem opções de terras já preparadas que são vendidas em lojas especializadas. No entanto, se você deseja fazer esse preparo em sua casa, separamos duas receitas:

  • mistura de 4 tipos de ingredientes: 50 litros de terra, 100 gramas de cal hidratada, adubo orgânico (uma alternativa é 17 litros de esterco de galinha) e adubo químico (como 200 gramas de NPK 4-14-8);
  • composto de 3 ingredientes: 1/3 de terra, 1/3 de vermiculita (um mineral) e 1/3 de matéria orgânica (esterco de aves, húmus de minhoca etc).

Essa foi a primeira parte do nosso passo a passo para cultivar uma horta em casa. Ainda vamos falar de outros aspectos cruciais para a saúde dos seus alimentos orgânicos, como adubação, colheita, e controle de pragas.

Agora que você está aprendendo a cultivar a sua horta em casa, certamente quer ficar por dentro das próximas novidades sobre o tema, certo? Então não deixe de curtir a nossa página no Facebook e de nos seguir no Instagram!

Escute este artigo no Spotify!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.